Relacionamentos sociais serão temas do minimetragem feito por alunos da escola Pieruzzi

by Instituto Querô

  • Postado em 30/06/2016

Gravação Pieruzzi (9)-A

Por Diogo Silva (Arte Educador)

A experiência do Querô na Escola no Pieruzzi foi muito diferente de tudo que eu já tinha feito. Pelo fato de ser o meu primeiro contato com os alunos, a ansiedade foi muita, mas sempre tive ciência de que estava preparado. Me senti com o maior frio na barriga e prazer de estar fazendo parte do projeto.

A escola é boa, com alunos interessados no projeto, que se identificaram bastante com a minioficina. Eu observei nos olhos deles, o prazer de estarem fazendo acontecer, dentre eles, o que mais me chamou a atenção foi o jovem diretor do filme.

Ele se comportava como um diretor experiente e com o controle de tudo, e isso o tornou o aluno mais destacado, mesmo se atrapalhando um pouco na própria vontade de querer fazer tudo.

O roteiro do filme trata sobre um relacionamento ruim entre aluno e professor. Gostei de tratar desse assunto porque de uma certa forma mostra o quanto ainda temos que melhorar nesse relacionamento com as pessoas do dia-a-dia.

Os três contatos com os alunos são diferentes – aula de Sensibilização, Roteiro e Filmagem – por abordarem didáticas diferentes, mas o que ficou dos três foi a certeza de que eles necessitam de algo prazeroso e diferente dentro do ambiente escolar. E quando eles se dão conta que o projeto oferece isso, eles querem mais. Sentir isso me deu ainda mais sentido ao fazer parte desse projeto, cada dia com mais dedicação.


Produtora Querô Filmes

O Instituto

O Instituto Querô é uma ONG, que apoiada pela UNICEF utiliza o audiovisual como ferramenta para estimular talentos, e ampliar horizontes profissionais para jovens em situação de risco social.

Em nossas oficinas promovemos a inclusão cultural, com aulas de cidadania, humanismo e desenvolvemos o empreendedorismo, resultando em jovens mais conscientes e participativos.

Translate »