Querô Filmes e Instituto Querô realizam bate-papo sobre primeiro longa-metragem: “Sócrates”

by Instituto Querô

  • Postado em 5/03/2018

009

“Sócrates” é um dos selecionados do Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo, com roteiro e direção de Alex Moratto

Governo do Estado de São Paulo e Secretaria da Cultura convidam para um bate-papo sobre o processo de produção e finalização de “Sócrates”, primeiro longa-metragem da Querô Filmes e Instituto Querô, contemplado com o Edital de Finalização de Longa-Metragem (44/2017) do ProAC – Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo. O bate-papo é aberto ao público e acontece na sexta-feira (09/03), às 19h, na Unimonte, propondo aproximar a equipe técnica que esteve à frente do processo de captação, pesquisa de locações, produção, produção executiva e aspectos relevantes ao projeto de finalização da obra audiovisual.

Ministrarão o bate-papo a assistente executiva da produtora Querô Filmes, Priscilla Santana – sobre produção executiva e formatação de projetos para editais -, o sócio-diretor da Querô Filmes, Jefferson Paulino – sobre aspectos de edição e montagem – e a coordenadora institucional do Instituto Querô, Tammy Weiss – sobre produção em geral

Em co-produção com o diretor e roteirista americano Alex Moratto, o filme retrata a história do jovem Sócrates que, após a morte de sua mãe, encontra-se sozinho, aos 15 anos. Em sua jornada pela sobrevivência, enfrenta situações de pobreza, violência, racismo e homofobia, que testam sua coragem para continuar vivendo. Sócrates retrata os desafios vividos por milhares de jovens expostos a riscos, no Brasil.

A ideia para o roteiro surgiu quando Alex Moratto, conhecido por seus curtas-metragens premiados em festivais internacionais, se voluntariou no Instituto Querô em 2009, conhecendo de perto os problemas enfrentados por jovens moradores de comunidades da região. No filme, Moratto buscou discutir o respeito às diferenças por meio do jovem Sócrates: “O Sócrates é uma maneira de contar ao mundo as histórias de jovens de comunidades da Baixada Santista. Busco proporcionar à região e os artistas locais um palco internacional, levando os cenários do litoral de São Paulo para outros países por meio dos festivais”, comenta o diretor.

Cerca de 35 atores locais foram selecionados para papéis principais e secundários, para mais de 30 dias de gravações, entre 2016 e 2017. Além da equipe da Querô Filmes e Instituto Querô, o filme contou também com profissionais da O2 Pós e Effects Filmes, além de jovens em capacitação pelas Oficinas Querô, projeto de capacitação audiovisual da Instituição, ampliando a bagagem profissional e proporcionando o contato ao mundo do trabalho audiovisual.

A Unimonte fica na Rua Comendador Martins, nº 52, no bairro Vila Mathias, em Santos/SP. Para participar do bate-papo, é necessário apresentar o RG logo na entrada da Universidade.

Bate-Papo-Sócrates---Face


Produtora Querô Filmes

O Instituto

O Instituto Querô é uma OSCIP, que apoiada pelo UNICEF utiliza o audiovisual como ferramenta para estimular talentos, e ampliar horizontes profissionais para jovens em situação de risco social.

Em nossas oficinas promovemos a inclusão cultural, com aulas de cidadania, humanismo e desenvolvemos o empreendedorismo, resultando em jovens mais conscientes e participativos.