Minimetragens do projeto Querô na Escola concorrem a prêmio de Voto Popular pela internet

by Instituto Querô

  • Postado em 18/10/2016

gravacao-rui-barbosa-30

Os 10 curtinhas de 2016 foram todos produzidos por alunos de escolas públicas e estão disponíveis online para votação dos internautas. Canal do projeto no youtube está com cerca de 10 milhões de views

Depois de oito meses de atividades com mais de duzentos alunos das escolas públicas de Cubatão, os 10 curtinhas produzidos em 2016 no projeto Querô na Escola estão disponíveis online no site do Instituto Querô – www.institutoquero.org/votacao-2016até a próxima terça (25/10) para votação do público. É possível votar mais de uma vez! O mais votado recebe o prêmio em Voto Popular no mesmo dia, durante a Sessão de Estreia dos minimetragens, que será realizada no Cine Roxy do Parque Anilinas.

As atividades do Querô na Escola acontecem desde 2013 em parceria com a Anglo American e a Prefeitura de Cubatão. Desde a sua criação, o projeto também alcança uma ampla comunicação com o jovem pela internet. No youtube – www.youtube.com/queronaescola – o projeto tem cerca de 10 milhões de visualizações no canal, sendo mais de 5 milhões somente este ano, com 50 mil inscritos.

“Ficamos muito felizes com toda esse alcance que o projeto vem conquistando online. Visitamos as escolas da região com o objetivo de produzir filmes que abordem questões sociais e do universo juvenil, para que sejam usados pelos alunos e pela escola. Saber que esses curtinhas também conquistam espaços além das salas de aula fortalece ainda mais o projeto e mostra que estamos no caminho certo, tornando a educação ainda mais atrativa aos jovens”, explica a produtora do Querô na Escola, Antoniela Couto Lorenço.

Em 2016, mais de mil alunos dos oitavos anos participaram das aulas de Sensibilização, realizando dinâmicas em grupo. Dessas aulas, 25 jovens de cada escola foram selecionados e estimulados durante as aulas a produzirem seus filmes, aprendendo desde a elaboração do roteiro, produção e filmagens. Entre os temas abordados esse ano estão, o empoderamento feminino, gravidez na adolescência, vida na comunidade, entre outros.

Além do Melhor Filme em Voto Popular, também serão entregues mais cinco prêmios na tarde de estreia (25/10): Roteiro Original, Melhor Relevância Cultural/Educacional, Filme Mais Criativo, Professor Destaque e Escola Mais Participativa. Os filmes serão avaliados pelo cineasta Carlos Cortez, a produtora cultural Raquel Pelegrini e Moira Toledo, oficineira em alfabetização audiovisual nas escolas pelo país há 10 anos.

O projeto – O Querô na Escola é realizado desde 2010, com edições em Santos e Cubatão, em que jovens capacitados nas Oficinas Querô tornam-se arte-educadores e multiplicam o que aprenderam nas Oficinas Querô – projeto do Instituto Querô -, realizando oficinas de produção audiovisual dentro das escolas públicas. Mais de 4 mil alunos já participaram do projeto – sendo 2800 destes somente de escolas públicas de Cubatão – e 167 minimetragens foram produzidos. Mais informações no site do Instituto Querô www.institutoquero.org e nas redes sociais: Facebook www.fb.com/queronaescola e Instagram (@quero.naescola).


Produtora Querô Filmes

O Instituto

O Instituto Querô é uma ONG, que apoiada pela UNICEF utiliza o audiovisual como ferramenta para estimular talentos, e ampliar horizontes profissionais para jovens em situação de risco social.

Em nossas oficinas promovemos a inclusão cultural, com aulas de cidadania, humanismo e desenvolvemos o empreendedorismo, resultando em jovens mais conscientes e participativos.

Translate »