Prêmios

Instituto Querô - Fotos Tito Wagner (1)

Desde “Maria Capacete”, os curtas produzidos pelos jovens das Oficinas Querô participam de festivais de cinema  no Brasil e no Mundo, conquistando diversos prêmios pelas produções.  Além disso, os mais de 10 anos de atuação da Instituição foram reconhecidos em diferentes momentos, ganhando prêmios institucionais e em festivais. Até aqui, foram 51 prêmios conquistados (sendo 8 institucionais)

PRÊMIOS INSTITUCIONAIS

Prêmio Mídia pela Paz
O projeto das Oficinas Querô recebeu o prêmio “Mídia pela Paz”, da Revista Imprensa, como reconhecimento ao trabalho realizado pelo projeto durante o ano de 2007. Este prêmio contempla conteúdos e ações de comunicação relacionados à construção da paz.

Menção Honrosa no 5º Festival de Curtas Metragens de Santos
Prêmio dado ao projeto em homenagem a excelência do trabalho desenvolvido com os jovens através do audiovisual.

The BBC World Challenge
As Oficinas Querô foram selecionadas entre 700 projetos do mundo todo como uma das finalistas do World Challenge 08, uma seleção de projetos sociais empreendedores e inovadores, organizado pela BBC World News e pela revista Newsweek em colaboração com a empresa Shell. A partir dessa seleção, o projeto Oficinas Querô foi visitado por uma equipe da BBC que realizou um documentário exibido na rede BBC World para mais de 200 países (www.theworldchallenge.co.uk).

Prêmio CMDCA Guarujá
O projeto Oficinas Querô, em outubro de 2009, foi o primeiro colocado na avaliação de projetos do IV Concurso de Projetos – 2009, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Guarujá. Por sua atuação na capacitação de jovens carentes na ferramenta do audiovisual, o projeto obteve a maior nota entre os 54 participantes e está no topo da lista dos melhores projetos sociais da região.

Prêmio IBAC
Em 2009, o projeto Oficinas Querô, em evento realizado pelo IBAC – Instituto Brasileiro Arte e Cultura, foi homenageado com uma menção honrosa por sua contribuição à memória brasileira através da preservação e difusão do patrimônio artístico e cultural.

Mérito Consciência Negra
A Afrosan – Associação Cultural dos Afrodescendentes da Baixada Santista – ofereceu ao Instituto Querô o “Mérito Consciência Negra”, pela atuação em prol do combate ao racismo e pela igualdade, realizada por meio da capacitação audiovisual.

Troféu Zumbi dos Palmares
O Conselho da Comunidade Negra de Santos homenageou em 2016 pessoas e instituições que contribuíram em prol da igualdade racial e por uma sociedade mais justa. Entre os homenageados estava o Instituto Querô, que recebeu o troféu Zumbi dos Palmares em solenidade realizada na sede da OAB-Santos.

Placa de 100 mil inscritos no Youtube
Em junho de 2017 o projeto Querô na Escola chegou à marca de 100 mil inscritos no canal do youtube (www.youtube.com/queronaescola). Sendo assim, ganhou da empresa Google o prêmio “Silver Play Button”, uma placa comemorativa com o botão “reproduzir” em prata para quem atinge a marca.

PRÊMIOS EM PRODUÇÕES AUDIOVISUAIS

“Maria Capacete” (Oficinas Querô 2006)
— Melhor Filme Voto Popular no 3º Festival Jovens Realizadores do Mercosul
— Melhor Filme Olhar Caiçara no 5º Festival Santista de Curtas Metragens-Curta Santos
— Menção Honrosa no VII Festival de Araribóia
— Melhor Filme no Festival Nacional de Curtas de Mogi das Cruzes

“Torto” (Oficinas Querô 2006)
— Curta o Curta, Categoria Formação do Olhar, no 17º Festival Internacional de Curtas de São Paulo
— Prêmio Especial do Júri no 4º Festival Santista de Curtas Metragens – Curta Santos

“Oswaldo” (Oficinas Querô 2007)
— Melhor Filme Voto Popular no 5º Festival Jovens Realizadores do Mercosul

“O Melhor Lugar” (Oficinas Querô 2008)
— Menção Honrosa na 9ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis
— Prêmio de Melhor Atriz revelação para Mayara de Oliveira no Curta Santos

“De Velha basta eu” (Oficinas Querô 2009 em parceria com a Querô Filmes)
— Ministério da Cultura 2008 – Nós na Tela
— Melhor Atriz para Conceição Senna no Festival Curta Santos 2010

“Ulisses” (Oficinas Querô 2010)
— Melhor Filme Voto Popular no 5º Festival Jovens Visões Periféricas
— Melhor Ator para Eduardo Chagas no 9º Curta Santos

“Bingo” (Oficinas Querô 2010)
— Melhor Filme Voto Popular no 7º Festival de Ourinhos

“Aloha” (Oficinas Querô 2010 em parceria com a Querô Filmes)
— Ministério da Cultura 2009 – Nós na Tela
— Melhor Documentário no 5º Curta Cabo Frio – 2011
— Prêmio da Crítica no 9º Curta Santos
— Melhor Documentário no 9º Curta Santos
— Melhor Filme Mini-DV não estudante no 1º Festival Nacional de Cinema do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense – 2012
— Menção honrosa no 5º Festival Visões Periféricas

“Missão Estelar” (Oficinas Querô 2011)
— Melhor Filme Digital no 1º Festival Nacional de Cinema do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense

“De Catraia” (Oficinas Querô 2011)
— Melhor Filme no 6º Festival Visões Periféricas

“Fazendo a Social” (Programa para Web em parceria com a Querô Filmes)
— Melhor Filme de TV no Festival de TV E Cinema de Muqui

“Carregadores do Monte” (Oficinas Querô 2012)
— Prêmio Especial do Júri no 41º Festival de Gramado
— Melhor Documentário no 11º Curta Santos

“O Pequeno Monstro” (Oficinas Querô 2012)
— 2º lugar Melhor Filme no ComKids Prix Jeunesse Iberoamericano
— Menção Honrosa de Melhor Ator para Vitor Lima no I Festival Brasil de Cinema internacional
— Melhor Filme no III Festival de Cinema Cultural de São Simão
— Melhor Filme – Prêmio TV Tribuna no 11º Curta Santos
— Melhor Filme – Voto Popular no 11º Curta Santos
— Melhor Roteiro no 11º Curta Santos
— Melhor Ator para Vitor Lima no 11º Curta Santos
* Ficou entre os 7 melhores filmes do Visões Periféricas 2013

“Tiros” (Oficinas Querô 2013)
— Prêmio Melhor Atriz para Claudia Assunção, no 12º Curta Santos

“Visão Privilegiada” (Oficinas Querô 2013)​
— Prêmio Melhor Curta Independente na Mostra Livre de Cinema 2014

“Tempo é Morfina” (Oficinas Querô 2014)​
— Melhor Ficção no 13º Curta Santos
— Melhor Direção para Kamilli Semenov e Daniel Queija no 13º Curta Santos
— Melhor Ator para Vinícius Ferreira no 13º Curta Santos
— Melhor Atriz para Priscilla Maia no 13º Curta Santos
— Melhor Direção de Arte (Laís Araújo) no 8º Curta Taquary

“Abra Esta Porta” (Oficinas Querô 2015)​
— Melhor Filme no 9º Curta Taquary (Pernambuco)
— Melhor Roteiro no 9º Curta Taquary (Pernambuco)

“Janelas da Cidade” (Coletivo Instituto Querô 2015)​
— Small World Film Festival (em Brandford, na Inglaterra) – ficou entre os 10 melhores filmes da Rede UNESCO


Produtora Querô Filmes

O Instituto

O Instituto Querô é uma ONG, que apoiada pela UNICEF utiliza o audiovisual como ferramenta para estimular talentos, e ampliar horizontes profissionais para jovens em situação de risco social.

Em nossas oficinas promovemos a inclusão cultural, com aulas de cidadania, humanismo e desenvolvemos o empreendedorismo, resultando em jovens mais conscientes e participativos.

Translate »