FASE 2 – PESQUISA

  • Postado em 18/05/2010

– Tudo bem, já escolhi meu tema. Mas e aí, já posso filmar? Ainda não. Antes de ligarmos a câmera e sair filmando por aí, precisamos construir a história que você vai contar. O tema é apenas o início e, para poder contar essa história, devemos aprofundar nossos conhecimentos sobre o assunto que iremos abordar;…

FASE 3 – FORMATO E GÊNERO

  • Postado em 18/05/2010

– Estou ansioso para começar a gravar. Ainda falta muito? Estamos quase lá! Neste tópico iremos abordar o formato e o gênero cinematográfico. Vocês com certeza sabem o que é! FORMATO Depois de pesquisar bastante, já temos a possibilidade de decidir qual o formato de filme que iremos produzir. Podemos escolher entre ficção, documentário ou…

FASE 4 – ROTEIRO

  • Postado em 18/05/2010

– Já escolhi o tema, fiz a pesquisa, identifiquei o formato e o gênero que mais me interessa. O que preciso fazer para começar a filmar? O nosso próximo passo é construir um roteiro básico para que as idéias não se percam, e sirvam como guia para as ações que deverão ser executadas durante o…

FASE 5 – PLANOS CINEMATOGRÁFICOS

  • Postado em 18/05/2010

– Oba, falou em câmera. Já posso ligar a minha? Ainda não. Mas falta bem pouquinho agora. Antes, de pegar uma câmera e sair gravando, sugestionamos estudar os planos do seu filme, como em um desenho em quadrinhos, para que você possa entender melhor o quê e como filmar. Os enquadramentos representam uma parte importante…

FASE 6 – MOVIMENTOS DE CÂMERA

  • Postado em 18/05/2010

Movimentos de câmera? O que é isso? São os movimentos que você vai realizar com a câmera durante o seu processo de gravação. Opte sempre por movimentos leves que não precise um deslocamento muito grande da câmera, ainda mais se ela for pequena e leve, porque a imagem tende a tremer com mais facilidade. Os…

FASE 7 – GRAVAÇÃO

  • Postado em 18/05/2010

– Agora eu já sei. Vamos gravar, né? É isso mesmo. Pode pegar o seu celular, máquina fotográfica ou filmadora. O melhor equipamento para gravação é aquele que você possui, por isso não fique preocupado em conseguir um equipamento de primeira. Siga algumas instruções básicas e você conseguirá realizar uma boa gravação. • Utilize-se de…

FASE 8 – EDIÇÃO

  • Postado em 18/05/2010

– Meu filme parece um quebra-cabeças. Como faço para montar? É verdade, mas não se assuste, pois existem vários programas disponíveis na internet que podem ser usados para edição, no caso, a montagem do filme. Entre eles, existe um que é comum em todos os computadores, o Windows Movie Maker. Nele você pode cortar imagens,…

FASE 9 – DIVULGAÇÃO

  • Postado em 18/05/2010

– E Agora que já fiz meu filme, como posso mostrar para os meus amigos? O melhor caminho para poder divulgar o seu vídeo, é joga-lo na internet. Você até pode gravar dvd´s e entregar para seus familiares e amigos, mas coloca-lo na internet deixará o seu filme mais visível aproximando-o de pessoas que você…

O Drama da Ficção

  • Postado em 10/05/2010

Após gravarem documentário sobre diversidade religiosa, os jovens do projeto Oficinas Querô, iniciam as filmagens de seu primeiro curta-metragem de ficção. Os jovens das Oficinas Querô, projeto social de capacitação na ferramenta do audiovisual, estão produzindo seu segundo filme. O desafio agora é ainda maior, já que partiram para a ficção com o curta “Pois…

Jovens da periferia gravam documentário sobre religião

  • Postado em 15/02/2010

Adolescentes de São Paulo e Diadema revelam seu olhar sobre a periferia através de câmeras de cinema. Integrantes do projeto social Oficinas Querô irão falar sobre diversidade religiosa dentro de sua comunidade Expectativa. Essa é a palavra de ordem para 30 jovens da Vila Guacuri, bairro da periferia de São Paulo. Após seis meses de…

Produtora Querô Filmes

O Instituto

O Instituto Querô é uma OSCIP, que apoiada pelo UNICEF utiliza o audiovisual como ferramenta para estimular talentos, e ampliar horizontes profissionais para jovens em situação de risco social.

Em nossas oficinas promovemos a inclusão cultural, com aulas de cidadania, humanismo e desenvolvemos o empreendedorismo, resultando em jovens mais conscientes e participativos.